Archive for abril \29\UTC 2011

Apenas um Sorriso

Hoje passei por um situação do cotidiano que a grande maioria das pessoas que moram em grandes cidades devem passar todos os dias. A cena mais comum, motorista com janela aberta, pensando na vida em frente a um semáforo fechado, e na rua uma pessoa vendendo balas ou pedindo ajuda.

Pois bem, eu estava pensando na vida, e reclamando que estava sem dinheiro no final do dia, “Puts, estou com 3 reais na carteira, que droga ficar sem dinheiro”, em alguns pensamentos “egoístas”, me reparo reclamando que não vai dar pra fazer isso ou aquilo no final de semana, só reclamações em pensamento.

No caminho de casa, o semáforo fecha, homem aborda o motorista, do primeiro carro, vendendo balas. Eu já reclamando de tudo penso, “Hiii já vem esse cara vender alguma coisa”, sem ao menos me importar com o que era ou quem era. Vagando na musica que tocava no momento, não percebi a aproximação do “vendedor”, que aborda, “Bala, xicrete, dropss”, e um sorriso. Sorriso falho, e sem amarelado, em uma cadeira de rodas, coisa que eu não havia reparado. Em fração de segundos, o sorriso me atingiu, retirei da carteira 1 real, e o entreguei dizendo que não queria balas.

Depois da lição que o sorriso me deu, continuo meu caminho pensando. Se um cadeirante, trabalhando com um sorriso e alegria, porque eu com todos as coisas e oportunidades que já passei, deveria ficar reclamando e barrando minha própria alegria de viver, perder tempo me queixando. Para min a falta de 1 real pode não ter feito tanta diferença, para o Vendedor de balas, pode não ter feito tanta diferença também, mais me tocar de que na vida as vezes nos perdemos tempo de mais lamentando e reclamando, fez muita diferença, e mudou sim, a minha forma de pensar, com apenas um sorriso.

images

Anúncios